Vice-presidente da Comissão do Esporte da Câmara, o deputado Bandeira de Mello (PSB-RJ), defende a possbilidade de suspenção temporária dos campeonatos nacionais de futebol feminino e masculino em respeito ao povo gaúcho e para garantir isonomia com os times do estado que participam das competições.

Segundo Bandeira de Mello, a tragédia no Rio Grande do Sul atinge jogadores, comissão técnica, centros de treinamento e estádios e, por isso, sugere que as partidas sejam suspensas e que, em um prazo de um mês, o assunto volte a ser discutido. Ele condiciona a retomada das competições à melhora da situação climática no sul do país.

O parlamentar argumenta que os eventuais prejuízos financeiros dos clubes de futebol com a suspensão temporária do campeonato devem ficar em segundo plano neste momento e que a solidariedade deve prevalecer.

Em relação ao esporte amador, Bandeira de Melo é de opinião que só devem parar os atletas diretamente envolvidos com a tragédia.

Com informações da Agência Câmara.